abril 11, 2012

Então vai. Estou aqui envolvida na saudade, pedindo-te que vás. Não quero que me digas nada, se não for para voltares. Prefiro ficar inquieta no silêncio, do que assistir às nossas conversas banais, porque a dor...A dor de saber que as coisas mudaram, é muito mais intolerável que o silêncio. Por isso quero que vás.Vai fazer alguém feliz, daquela forma que fazes tão bem. Vai aconchegar, vai sussurrar ao ouvido. Vai procurar alguém que seja suficientemente bom para ti, alguém que faça o teu mundo parar. Alguém que valha a pena arriscar, alguém por quem te queiras apegar. Alguém que o seu toque te congele e o beijo te arrepie. E desculpa-me se eu não consegui ser esse alguém, porque tu conseguiste ser tudo aquilo que eu procurava, conseguiste fazer-me sentir inteira.


17 comentários:

mafalda sofia disse...

tão lindo! é bem verdade, às vezes é preferível um silêncio ou até mesmo que as pessoas se vaiam embora, do que ficarem lá, e ainda termos de conviver com elas, todos os dias. dói :(

sophie disse...

adoro:)

Ana Margarida disse...

Oh está tão bonito. E sabes, por vezes, mais vale mandar ir do que pedir para ficar.

cláudiagomes. disse...

tem força, princesa. <3

patrice disse...

este texto está algo de magnífico!

Francis disse...

Adorei o texto! Encaixou tanto em mim...Obrigada por conseguires pôr em palavras aquilo que eu só tenho coragem de dizer para mim...

Incógnita disse...

sente-se a dor nas tuas palavras..um pedido que no fundo deseja que tudo volte. E a saudade mata-nos aos poucos, por isso muita força*

Alexandra disse...

Adoro o blog ,mesmo fofo :)
Beijinhos xana **

mc. disse...

já deixavas de escrever tão bem Ana :o

Fillipa disse...

Que fofo seu blog :)
Estou te seguindo,se puder passa no meu blog para conhecer..
http://palavrasaoventoo.blogspot.com.br/
Beijos!

Bruna dos Anjos disse...

Gostei
seguindo :D
http://enredodeideias.blogspot.com.br/
Beijos

patrice disse...

é tão bom saber isso :')

Ana Margarida disse...

É mesmo minha querida. E, oh, tens um blog lindo!

Ana Margarida disse...

Muito obrigada, meu doce.

Algo Estranho... Alguém Diferente! disse...

ADOOOOOOORO!

Vanessa Kiekeben disse...

que texto lindo!

Tânia Ribeiro disse...

adorei o texto! tá mesmo lindo e profundo...
e identifico-me muito com o que escreveste, infelizmente talvez